Arquivo da categoria: Crônicas do Calota

Os sete anões

por Calota

Extra, extra! Saiu a lista dos 7 anões do Dunga.

Agora é que a tradição brasileira fala mais alto. O povo pede Ronaldinho Gaúcho e Ganso!!

É o momento de acender a vela preta pro Julio Baptista se machucar, ou escrever o nome do Josué com batom vermelho de ponta cabeça numa cueca usada pro cara ter uma convulsão na concentração e ser cortado de vez.

Façam suas mandingas, amigos. Quebrem seus espelhos, soltem as galinhas na rua, espetem o voodoo. Em época de Copa vale tudo!!!

2 Comentários

Arquivado em Crônicas do Calota, Seleção Brasileira

Ódio ao Dunga

Por Calota

Todo mundo esperava ansiosamente por uma surpresa. Mas pela lógica ela não ia pintar – e não pintou.

Interessante ver a reação aqui na redação. Teve gente que esperneou, que xingou e que até agora está esbravejando. Os santistas, então… estão soltando fumaça.

Imagina se o cara volta com o caneco na mão? O que todo mundo vai falar?

Alea jacta est. A grande curiosidade fica pelos outros sete anões que estão na lista de espera.

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas do Calota

A COPA E O BBB. E vice-versa.

Por Calota

O Galvão adora ser o Galvão. O Bial adora ser o Bial.

O Bial tem umas frases de epígrafe e o Galvão… confesse: o cara tem frases marcantes e narra cagadas da zaga e de goleiro como ninguém.

Os dias pré-convocação são o primeiro paredão. Você mais ou menos sabe qual vai ser o resultado e não está ligando muito. Começa a tocar aquele sonzinho de tensão de violino que não pára, nem incomoda. Mas te coloca no clima.

Bom, depois da convocação começa a vida aberta, de fato. Câmeras para todos os lados. Declarações. Notícias de bastidores. Treinos filmados e treinos secretos. Jogadores trocados de última hora… (nem) todos os passos observados o tempo inteiro.

Primeiro jogo: todo mundo percebe que aquilo não é mais um conto de fadas; é Alice no País das Maravilhas, amigo. Sempre tem uns mais lerdinhos que não entendem. O negócio é o seguinte: o buraco tá ali – vai ou não vai?

Aí beleza, passou da primeira fase e… chegou o mata-mata. Se você ainda não se rendeu à Copa, chegou a hora de começar a alimentar esperanças. Veste logo a camisa, poxa! Escolhe logo seu candidato para levar 1,5 milhão pra casa!

Enfim, o mais legal de tudo é que o final é sempre inesperado, por mais óbvio que ele tenha sido ao longo de toda a disputa. E sempre terão “finais antecipadas”: seja entre o Dourado-homem e o Dicesar-travesti, seja entre Argentina e Inglaterra.

E aí a disputa acaba. Sem casa pra espiar, sem gols da Copa para rever exaustivamente. Sem ver o ensaio sensual de fulana ex-BBB, sem rolar aquela troca marota de figurinhas da Copa.

É isso aí, está só começando. Amanhã é o primeiro paredão. “Haja coração, amigo!”. “Quer dar uma espiadinha?”.

Não fui à Copa e odeio BBB.

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas do Calota